terça-feira, julho 11, 2006

ESTAMOS TODOS A ARDER



E para os mortos,

A condecoração da praxe.

1 Comments:

Anonymous Titio said...

Umas palavrinhas...
"Independentemente das causas do trágico acidente da Guarda que se venham a apurar, o Presidente da República não pode, neste momento de tristeza e reflexão, deixar de sublinhar o denodo no cumprimento da sua missão daqueles a quem o cumprimento do dever agora custou a própria vida"

12/7/06 23:57  

Enviar um comentário

<< Home